quarta-feira, 25 de Novembro de 2009

Investigadores desenvolvem spray contra ejaculação precoce

-
Segundo um estudo apresentado no Congresso da Sociedade de Medicina Sexual da América do Norte, a ejaculação precoce pode ser evitada com a ajuda de um spray que reduz a sensibilidade do pénis.
-
Mais de 500 homens que sofriam desta condição foram avaliados, tendo os cientistas constatado que eles estavam mais satisfeitos e menos angustiados quando utilizavam o spray.
-
"A ejaculação precoce pode ter um poderoso impacto negativo sobre a vida emocional e sexual do homem e da sua parceira", afirmou investigador Stanley Althof do Center for Marital and Sexual Health, nos Estados Unidos.
-
Os autores do estudo lembram contudo que não existe tratamento aprovado pela FDA (entidade reguladora norte-americana que controla a comercialização dos medicamentos) para a condição, havendo por isso a vontade em disponibilizar o fármaco, cujo nome experimental é PSD502, já no próximo ano.
-
Num outro estudo, a equipa de investigadores da Universidade da Califórnia testou 300 homens com o problema, pedindo-lhes para aplicar o spray cinco minutos antes da relação sexual. Após três meses de uso, 60% daqueles que ejaculavam antes de um minuto passaram a aguentar mais de três minutos.
-
Outro estudo, que avaliou 256 homens nos Estados Unidos, Polónia e Canadá, indicou que o fármaco produzia um aumento clinicamente e estatisticamente significativo de menos de um minuto para uma média de 2,6 minutos.(farmacia.com.pt)
-

Sem comentários: